Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
Youtubeplay db0358e6953f0d0ec2cd240bca6403729d73b33e9afefb17dfb2ce9b7646370a

Catalão capacita gestores em administração pública

Logo Jornal

Publicação da Assessoria de Comunicação da Universidade Federal de Goiás 
ANO VII – Nº 59 – JUNHO – 2013

Catalão capacita gestores em Administração Pública

Curso de Administração Pública oferece anualmente 240 vagas na modalidade a distância distribuídas em seis pólos de ensino em todo o estado

Texto: Fábio Gaio | Fotos: Assessoria de Comunicação CAC

Oferecer uma formação específica, direcionada a gestores da área pública, com o propósito de colaborar com as esferas governamentais e com a sociedade para a eficiência e transparência nos atos de governo. Neste sentido o Câmpus Catalão (CAC) da Universidade Federal de Goiás (UFG) passou a oferecer desde o último Processo Seletivo o curso de bacharelado em Administração Pública, disponibilizado na modalidade à distância. A proposta surge no âmbito da Universidade Aberta do Brasil (UAB) e do Programa Nacional de Administração Pública (PNAP) e as aulas foram iniciadas em abril.

De acordo com o coordenador do curso, professor Serigne Ababacar Cisse Ba, as aulas são oferecidas totalmente à distância, por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) em seis cidades de Goiás, sendo a sede em Catalão, além de outros pólos de apoio nas cidades de Aparecida de Goiânia, Goianésia, Alto Paraíso de Goiás, Mineiros e São Simão, totalizando 240 vagas. As prefeituras  através de um termo de compromisso firmado com a Universidade  são responsáveis por ceder o espaço e mobiliário  em suas unidades de ensino  para que as aulas sejam.

curso Administração pública

Reunião entre o coordenador do curso de Administração EaD, Serigne Ababacar Cisse Ba, e os professores e tutores dos pólos a distância na qual discutiram detalhes da condução do curso

 

O curso é reconhecido  por ser um programa  nacional e tem duração de quatro anos e de acordo com Serigne, a partir das novas dinâmicas adotadas pela gestão pública    no âmbito federativo  de um modo geral, com a conseqüente modernização do Estado, a expectativa é que passe a ocorrer uma profissionalização do serviço oferecido, com exigência de formação específica para gestores públicos. Além disso, segundo o coordenador, o curso surge também a partir do empenho do próprio Conselho Regional Administração (CRA/GO) que tem buscado a inserção do administrador nas prefeituras municipais. “Existe uma lacuna a ser preenchida a partir da oferta dessa graduação e assim contribuímos para que os órgãos públicos passem a contar com um profissional com  a devida  formação específica para a esfera pública”, comenta.


Serigne explica que os conteúdos são produzidos por professores  conteudistas que cedem os direitos autorais a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) que disponibiliza o material no sistema da UAB. Além do material didático, os estudantes contam ainda com o auxílio  de professores formadores,  de tutores presenciais e à distância em todas as cidades pólo e equipe de apoio e logística  e tecnológico sediada no Câmpus Catalão. A grade curricular do curso contempla, além do estágio, disciplinas como Administração Estratégica, Ciência Política, Elaboração e Gestão de Projetos, Introdução a Economia, Negociação e Arbitragem e Teorias da Administração.


O professor Tiago Alves de Queiroz, responsável pela disciplina Matemática Básica, que será ministrada a partir de agosto, afirma que por se tratar de uma modalidade à distância, é fundamental que o aluno tenha disciplina nos estudos. Da mesma forma, segundo Tiago, o professor precisa buscar meios e alternativas para que o conteúdo seja repassado da forma mais adequada. Outra figura importante é a do tutor presencial. Wender Rodrigues de Siqueira, que atua nessa função no pólo de Catalão, explica que seu papel é dar suporte presencial aos alunos que necessitem de auxílio, seja com o conteúdo, seja com o manuseio e manutenção da plataforma virtual de aprendizagem. De acordo com Wender, a carga horária do tutor é de 20 horas semanais, que inclui também a presença em seminários, provas e reuniões.


Para o aluno do curso de Administração Pública e major do Batalhão da Polícia Militar em Catalão, Carlos José da Silveira, o fato do curso ser a distância não implica necessariamente em queda da qualidade da graduação. Silveira conta que o material disponibilizado é excelente e o nível de formação e conhecimento dos professores é alto, o que exige disciplina e dedicação aos estudos por parte do aluno. “Estou aprendendo muito e estou bastante ansioso para a primeira prova escrita”, afirma. O major conta que tem dedicado pelo menos uma a duas horas por dia para realizar as atividades propostas. Para ele, pelo fato de ser gestor público, o conteúdo aprendido será aplicado em sua atividade de comando da Polícia Militar e será aliado ao conhecimento adquirido na academia militar.

Categorias : Administração Pública a distância Câmpus Catalão

Arquivos relacionados Tamanho Assinatura digital do arquivo
pdf p.10 191 Kb 44d24acc0c3d15ee9175c38a41bae66d
Listar Todas Voltar